✑ Não consigo dizer o que quero.

Passei do dia
na solidão de pensamento
Escrevendo demonstrações e mais demonstrações
sobre teoremas, e proposicoes matemática
As vezes pensava no almoço,
no qual teria de providenciar
assim que a aula fosse dada por encerrada
Pensei nela
Hoje era seu dia, seu aniversário
Fiquei por escrever algo bonito
dar as minhas felicitações
Não consegui
tudo que pensei em escrever
já foi dito por alguém
E eu só pensava nas palavras certas,
perfeitas
Pois ela é perfeita.
Escrever dela nunca é fácil
Os sentimos brotam
e me fazem perder a razão
E acabo em meio um emaranhado
De sentimentos e palavras
Palavras que não descrevem o que quero de fato
Sentimento que se revelados
Trariam uma série de outros sentimentos
Que teria que descrever em palavras
E voltaria de novo para mesma dúvida fatal.
Ela merece mais,
A perfeição é pouco
O sentimento é pouco.
O amor é pouco
Talvez
Tudo que venha a pensar e sentir
Seja pouco.

Compartilhe esse poema nas redes sociais!

Leia Também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo