✑ Conselhos para quem deseja escrever sobre o sofrer

Então minha amiga
me mostrou
as coisas que andava
escrevendo num caderno
que ficava sobre a cabeceira
de sua cama.

Li 3 ou 4 poemas...
eram bons,
tenho que admitir
Melhores do que os meus

Disse a ela
que eles eram
realmente muito bons
que jamais tinha lido
algo tão bom
exceto
Fernando Pessoa
Quintana
Bukowski
Guimarães Rosa
Ferreira Gullar
e
outros poetas
que não vou mencionar (eu esqueço o nome deles)

Ah! Mas
eu queria escrever
como tu
Não gosto de jeito que escrevo
ela me disse.

Fiquei confuso
pois eram belas
palavras
Palavras de alguém que ama
e é amada
De alguém que vive
sua vida,
seu mundo,
na perfeição
Então como alguém
iria querer escrever
sobre dor
sofrimento
e ódio
somando a uma boca
suja e sem pudor?

Ela percebeu que
fiquei sem palavras
diante da besteira
que acabara de ouvir
E questionou-me
o caminho para tal façanha?

Pensei, pensei, pensei...
E respondi

Tu tem tudo pra
Ser foda!
escreve bem
tem paixão em cada verso
Mas se quer acabar
escrevendo das coisas que
escrevo...

Sofra!
Descubra uma traição,
ache drogas
nas coisas do seu filho
...
Vá beber!
Fume!
Perceba que sua vida
não é nada
além de um grande monte de merda!

Que todos os planos
já estão propensos
ao fracasso
E que todo amor
tem como destino
o seu fim

Depois beba e fume
mais um pouco...
Até cair!
E quando levantar...
Faça novamente e
novamente
e novamente
até que perceba que nada vai mudar
Aí estará pronta

Escreva
tudo que não presta
Mas não se esqueça
De voltar pra sua vida perfeita
E de voltar a escrever sobre
o amor
e seus poemas eróticos

Volte, volte, volte

O sofrimento vicia
e você não vai querer ser
um alguém como eu

Compartilhe esse poema nas redes sociais!

Leia Também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo