✑ Observar e escrever

Céu claro
Vento frio
Vozes a distância
O pensamento que se perde,
esse não volta mais

Passarinhos no muro
Um gato a espreita
Parece que nessa vida
sempre terá alguém para mata-lo
Assim é a realidade
Motos, carros e bicicletas
Vão pra onde?
Certamente, algum lugar importante
Pra eles pelo menos
Eu prefiro observar e escrever.

Compartilhe esse poema nas redes sociais!

Leia Também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo