✑ Anseio

Fico indagando-me
nesse quarto
Quando essas rimas
sairão do papel
e irão te alcançar?

Preciso criar coragem
e dizer-te o que a caneta decora
e o papel confidência
De certo já passou tempo demais
Preciso reagir, ou a perderei

Porra!
Que tipo de homem sou eu?
Até quando vou deixar
esse caso platônico
tomar conta de mim?

Compartilhe esse poema nas redes sociais!

Leia Também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo