✑ Amor a deriva

Fui la!
Tomei fôlego,
disse-lhe: EU TE AMO

Ela: Gosto de ti
Me fazes sentir coisas boas

Acredito que não seja o momento
da reciprocidade
Agora, vago  nesse mar
de sentimentos vazios,
a deriva

Pensando agora
se fui sensato
Deveria ter ficado calado

Compartilhe esse poema nas redes sociais!

Leia Também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo