✑ Única razão

Aconteceu,
Fui tomado de súbito.
Naquele momento soube
É ela.


Arrancando
cada pensamento
Até não restar nada
além do seu nome

De repente,
não é o ar
Só quero respirá-la,
Senti-la junto do peito.

E vivo.
Não por mim, por ela
Pois tornou-se única
A razão.

Compartilhe esse poema nas redes sociais!

Leia Também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo