✑ Ela

Da pele marrom
Dos lábios macios
De olhos ternos
A voz empolgada
Do andar apertado
De curvas esbeltas
Dos Cabelos espirais
Quem é ela?
Não sei!
É a musa dos meus devaneios.

Compartilhe esse poema nas redes sociais!

Leia Também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo