✑ Saudade dos Teus Abraços

Oh que saudade dos teus abraços
que me davam um enorme aconchego
enquanto eu me perdia em teus braços
esquecia-me dos meus medos...

Aquele calor gostoso
que só tu podias me dar
causou-me uma dependência
que não consigo curar.

Assim fico aqui pensando
no teu abraço único e maravilhoso
e de saudade vou chorando
pelo tempo saudoso.

Ah como eu queria você agora
para aquecer-me neste inverno
como aquele teu abraço
que pra mim é eterno.

Compartilhe esse poema nas redes sociais!

Leia Também:

✎ Autor: Gustavo Valério

Gustavo Valério Técnico em Informática e eletrônica

aficionado por literatura e tecnologia
e aprendiz de poeta nas horas vagas.
Acredita que a poesia é fundamental para todos.

☰ Conheça o autor >>

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo