✑ Minhas Ações

Quando as minhas ações
não forem mais suficientes
para provar o quanto te amo

É por que estais mais exigente
ou meus atos inconsequentes
diminuíram meus sentimentos.

Quando as minhas palavras
não forem mais doces
e o meu eu não for tão seu
é por que um de nós desviou-se
do padrão que nos trouxe
a felicidade.

Quando as minhas poesias
estiverem assim sozinhas
solitárias, desinspiradas, mesquinhas...

É por que eu perdi minha melodia
ao perder, por você, minha paixão
ou talvez em algum dia
deixastes de ser a minha inspiração.

Compartilhe esse poema nas redes sociais!

Leia Também:

✎ Autor: Gustavo Valério

Gustavo Valério Técnico em Informática e eletrônica

aficionado por literatura e tecnologia
e aprendiz de poeta nas horas vagas.
Acredita que a poesia é fundamental para todos.

☰ Conheça o autor >>

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo